Até o gogó!

Sabe aquela peça que você não vê a menor graça? Por mais esforço que se faça, ela continua sem despertar nenhum interesse em você? Essa era a relação que eu tinha com as camisas de mangas curtas. Falei bem: “tinha!”. Graças ao street style, formatei uma nova opinião quando percebi o que faltava. Um toque fashionista e por que não, quase “almofadinha”. (…)

Em um primeiro instante, usar uma camisa com todos os botões fechados pode parecer sufocante, ainda mais quando levamos em consideração o nosso país de clima tropical. No entanto, se observarmos as variações do tempo e os ambientes condicionados que frequentamos, essa ideia pode soar interessante.

Pelo que observei, a boa nova surgiu como um artifício dos personais stylists para ilustrar campanhas publicitárias e editoriais de moda. Uma proposta que já vem sendo bem difundida nas passarelas durante as semanas de moda. Logo em seguida, esse truque foi captado pela galera fashionista que vive de radar ligado e que logo tratou de incorporar ao seu dia a dia. Razão pela qual, os cliques da moda de rua comprovam tal uso.

Outra questão que acho legal de levantar é que a grande parte dos caras que apostaram nesta trend, usavam camisas com estampas bem descoladas. Os florais são campeões, logo depois aparecem os geométricos e na sequência temos os poás e animal prints. Uma brincadeira válida e que traz um frescor às composições.

camisademangascurtas_ocosmopolita

Como parte do combo, calças e bermudas jeans ou chino são ótimas pedidas. Levanta o visual, a produção ganha ares hype e se você “segura o estilo”, use messsmo! Porque nessa vida a gente tem mais é que ousar.

 

Imagens: Reprodução